Vista cansada

Quantos de nós não passamos por isso hoje em dia?


Quando falamos sobre vista cansada, falamos de fadiga ocular, fadiga visual, cansaço ocular etc., que nada mais é do que cansaço nos olhos. Como veremos, pode ser causado por diversos fatores ou resultar apenas de um esforço ocular acrescido que desaparece apenas com repouso. É, por isso, importante perceber o que é vista cansada e saber identificar os principais fatores de risco para a saúde dos seus olhos.


Olhos cansados podem resultar de algumas doenças dos olhos ou do cansaço causado pela leitura e também de longas exposições em dispositivos digitais, como computadores, tablets e celulares, entre outros.


O cansaço nos olhos é uma condição muito comum que diminui substancialmente a qualidade de vida da pessoa. Para além disso surgem, habitualmente, outros sintomas associados à vista cansada, como dor de cabeça, ardor e vermelhidão nos olhos, causando um desconforto acrescido. Sintomas como tonturas e outros distúrbios são menos frequentes, mas também possíveis.


Precauções devem ser tomadas em casa, no trabalho e mesmo ao ar livre, reduzindo assim a fadiga ocular. Porém, às vezes, a fadiga ocular é sinal de uma doença ocular subjacente que necessita de tratamento médico. Se persistir por mais de alguns dias, ainda que se tenha tomado precauções simples, é importante buscar um médico especialista.


Erros refrativos como miopia, astigmatismo, hipermetropia e presbiopia, quando não corrigidos, podem desencadear esforço adicional do sistema ocular, originando cansaço ocular.


Obviamente que o tratamento da vista cansada depende das suas causas. Se existe algum tipo de doença ocular, esta deve ser tratada adequadamente.


Se por outro lado não existe nenhum problema ocular, o repouso, algumas vezes, pode resolver o problema. Tenha, contudo, atenção a algumas medidas de prevenção adequadas.


Dr. Leonardo Beraldo

Médico Oftalmologista

CRM: 104.884 | RQE: 46.806