Na correria!

Quantas vezes você repete essa frase quando te perguntam como você está?


Dizer que está sem tempo virou sinônimo de prestígio social, de sucesso profissional, de prosperidade e abundância. Traz inconscientemente um significado de que as coisas estão indo bem. A sociedade atual dá tanta importância ao trabalho exaustivo e sem equilíbrio que as pessoas se sentem mal quando estão ociosas e o resultado disso é o Brasil em segundo lugar no ranking dos países mais ansiosos do mundo, segundo a OMS.


Tempo é um recurso, assim como dinheiro, mas não tratamos como tal, pois temos a sensação de que temos todo o tempo do mundo, quando a única certeza que temos é que não sabemos o quanto de tempo ainda nos resta. Peter Drucker, o pai da gestão, diz que “tempo” é o recurso mais escasso dos gestores, se ele não for gerido, nada mais será”. Ou seja, quando falamos que estamos na correria significa que não estamos sendo bons gestores e que nossa vida está desorganizada. Mas com o “tempo” gostamos de comunicar a escassez, sendo que ele é o recurso mais justo – pois se você for rico ou pobre, diretor ou executor, você terá as mesmas 24 horas que qualquer pessoa!


Acumulamos tantas funções e compromissos, sem saber se temos tempo para cumprir com essas ações. Mas devemos nos lembrar de que a falta de compromisso acarreta à falta de credibilidade com nossos clientes, funcionários, amigos e com a família.

E como mudar isso?


Fazendo a gestão da sua rotina e não de uma simples lista de atividades, mas uma gestão dos vários papéis que você assume dentro de sua empresa e da sua vida, incluindo o tempo para você. Gestão de suas emoções para que a ansiedade não lhe faça passar por cima do seu planejamento e o medo lhe faça procrastinar. Gestão de sua liderança para entender o que é seu e o que deve ser delegado e acompanhado. Não adianta só querer ser produtivo se essa produtividade está custando sua vida. Não adianta tentar controlar sua equipe, seu mercado, sua família - se a única coisa sobre a qual você pode assumir as rédeas está passando diante dos seus olhos sem você assumir o comando. Isso depende somente da sua vontade de olhar para dentro de si e realmente focar na causa que lhe faz querer fugir daquilo que só você pode encarar.


Cuidado com o vazio de uma vida muito ocupada!


E aí, como você está?

Marcela Xavier


Dale Carnegie Rio Preto

Rua Francisco Cal, 156 - Vila São José

São José do Rio Preto

Instagram: @dalecarnegieriopreto

Contato: (17) 99737-4098