Empreendedorismo feminino segue em alta

Veja seis dicas para empreender com qualidade e assertividade


Ano após ano as mulheres vêm se destacando no mundo do empreendedorismo e hoje elas já são maioria. De acordo com dados do Global Entrepreneurship Monitor 2020, o Brasil conta com 30 milhões de empreendedoras, de um total de 52 milhões, ou seja, 57,7%. Isso coloca o país como o sétimo no mundo com o maior número de mulheres empreendendo.


Os motivos para essa evolução, além da necessidade, em muitos casos, estão ligados a diferentes fatores, afirma Patrícia Rodrigues de Arruda, executiva de contas do Senac São José do Rio Preto. “Temos fatores comportamentais estimulados pelo modelo e experiência de outras mulheres, a expansão da comunicação nas mídias sociais na propagação de temas relevantes sobre o empoderamento feminino e a própria constituição familiar no sentido de que, cada vez mais, mulheres buscam ter sua própria renda e, principalmente, por mudanças socioeconômicas e espaciais, assumem o papel de ajudar na economia doméstica.”


E essa tendência se intensificou recentemente. Uma pesquisa da Rede Mulher Empreendedora (RME) revelou que 55% dos negócios comandados por mulheres foram abertos nos últimos três anos e, destas, 26% resolveram empreender durante a pandemia.


“Muitas famílias perderam sua principal renda, obrigando muitas mulheres a serem protagonistas do sustento do lar. Além disso, muitas destas mudanças cotadas ainda estão em curso e indicam tendências e movimentos futuros. As mulheres estão tendo mais consciência de seu potencial e importância no mercado, e isso despertou e encorajou a possibilidade de colocar em prática antigos e novos sonhos, procurando recursos para transpor as barreiras que os adiavam”, pontua Patrícia.


Pensando nisso, separamos seis dicas para mulheres que estão pensando em empreender ou que já começaram seu negócio e precisam ficar atentas a esses pontos:

1. Acredite em si mesma, que você possui as ferramentas internas para transpor os obstáculos;

2. Tenha um bom plano de ação para o projeto escolhido, traçando oportunidades, pontos fortes e vulneráveis;

3. Faça um planejamento para ter clareza do objetivo e de como vai alcançá-lo;

4. Não tenha medo de colocar um projeto em prática por conta dos recursos disponíveis. Seja criativa;

5. Qualifique-se. Agregar conhecimentos sobre empreendedorismo, ferramentas de gestão de negócios, conhecimento de público alvo e de seu próprio negócio são fundamentais para o sucesso;

6. Aumente seu networking. Ele amplia seu grau de conhecimento e fortalece seu potencial. Estar junto de pessoas que também fazem acontecer é contagiante.

Qualificação

O Senac São José do Rio Preto conta com uma série de cursos na área de gestão e negócios que podem oferecer aos alunos as ferramentas necessárias para iniciar seu próprio negócio. Entre as opções, estão cursos técnicos, como o Técnico em Administração, Técnico em Finanças e Técnico em Recursos Humanos. Há ainda opções de cursos livres, como Administração Financeira, Analista Fiscal, Análise e Planejamento Financeiro, entre outros.

Para saber mais sobre os cursos, vagas, prazos de inscrições e bolsas, acesse o Portal Senac: https://www.sp.senac.br/senac-sao-jose-do-rio-preto.

Serviço

Senac São José do Rio Preto

Endereço: Rua Jorge Tibiriçá, 3.518 - Santa Cruz, São José do Rio Preto/SP

Informações e inscrições: www.sp.senac.br/senac-sao-jose-do-rio-preto.