top of page

Dra. Regislaine Miquelin

Médica dermatologista especialista em tricologia fala de medicina, carreira e dos tratamentos mais eficazes para a queda dos cabelos.


A médica Dermatologista, Regislaine Souza Miquelin, conta que estudou medicina pela universidade de Marília em 2007 e, após concluir seu curso, especializou-se em dermatologia. Atualmente, Regislaine atende na clínica que leva o nome de Faccia, em Mirassol e também na cidade de São José do Rio Preto, no Instituto Pró Cardíaco. “A medicina era um sonho de criança que ganhou força na adolescência. Eu não tinha nenhum médico na família, mas acredito que era um propósito de Deus em minha vida. No início e durante toda a caminhada, muitas vezes parecia ser impossível, mas sempre fui muito determinada em realizar meus sonhos.


Antes da Dermatologia, quando terminei a faculdade, fiz dois anos de clínica médica na FAMERP, o que me trouxe muita experiência como médica. Foi lá onde adquiri muito conhecimento e que hoje me proporciona ver e tratar meus pacientes como um todo. Nunca olho para os meus pacientes somente como uma doença de pele, uma queda de cabelo ou um procedimento estético. Por isso, acredito que meus tratamentos atuais vão muito além”.


Especialista em queda de cabelo Estima-se que a queda capilar e a calvície afetam mais de 2.5 bilhões de pessoas em todo o mundo. Com isso, a medicina tem procurado cada vez mais trazer recursos e tratamentos eficazes para tratar e prevenir a queda do cabelo.


A tricologia é a ciência dos cabelos e estuda as melhores soluções para os mais diversos transtornos capilares que podem acometer a estrutura ou o aspecto dos cabelos, como queda e fraqueza dos fios, infecções e problemas no couro cabeludo.


A médica dermatologista, Regislaine Miquelin, explica que grande parte da população busca se consultar com um tricologista quando se depara com uma queda excessiva do cabelo, ou sinais de calvície. “O médico tricologista identifica e diagnostica a causa desse problema e busca tratamentos específicos para prevenir ou corrigir os problemas com a perda dos cabelos. Assim, os fios e o couro cabeludo são tratados conforme o resultado do diagnóstico médico.


Dessa forma os tratamentos são muito mais efetivos”. Ela ainda explica que, por isso, é tão importante a avaliação de um especialista e é muito comum receber pacientes que fizeram anos de tratamentos para queda capilar ou calvície, sem sucesso, com profissionais que não são capacitados para realizar tais procedimentos ou acabam sendo limitados. “Isso pode acontecer - pois alguns profissionais não têm total estudo e aparelhos para realizar os procedimentos de uma forma correta como o tricologista, que se especializa no estudo da estrutura do cabelo e do couro cabeludo, tendo muito mais propriedade para o tratamento”.

Paixão pela Tricologia Sempre apaixonada por cabelos, a médica foi em busca de fazer sua pós-graduação em Tricologia pela universidade de Mogi das Cruzes. “Quando esses pacientes chegavam até mim, comecei a perceber que eles poderiam ter sido tratados prevenindo a queda - ou retardado a calvície.


Nós, brasileiros, temos a cultura de tomar medicamentos por conta própria. E com a difusão das redes sociais, nos últimos anos, essa influência aumentou muito, principalmente quanto ao uso de ‘vitaminas’ sem necessidade ou acompanhamento. Com a pandemia, a queda de cabelo se intensificou muito, seja pelo estado emocional ou pelo próprio COVID. Com isso, comecei a me dedicar cada vez mais aos estudos, para oferecer aos meus pacientes o que há de melhor neste tipo de tratamento”.


Ela ainda explica que é muito importante buscar um diagnóstico correto logo no início, antes de iniciar qualquer tipo de tratamento. “Atendo pacientes todos os dias que tentaram, por muitos anos, repor vitaminas por conta própria, tomar medicamentos e fazer terapias capilares sem o diagnóstico, o que interfere muito no resultado a longo prazo. As pessoas precisam ter consciência de que esse não é o caminho e sim o diagnóstico com um especialista”.


Queda dos Cabelos A médica explica que a queda capilar é um sintoma que pode representar algum problema no couro cabeludo ou no organismo como um todo. “Em sua maioria a queda dos cabelos surge devido ao processo de envelhecimento, que pode estar associado à predisposição hereditária ou a algum quadro chamado de alopecia androgenética. Mas também pode estar ligada a outras causas.


São vários fatores e cada caso é um caso, mas também pode estar relacionado com estresse e ansiedade, química capilar, deficiência de vitaminas, uso de medicamentos, genética, alterações no sono, intestino e alimentação. Por isso, a consulta com o tricologista, especialidade da dermatologia que cuida desse problema de saúde, é essencial para o diagnóstico e tratamento correto”.


Ela ainda explica que com a grande demanda das cirurgias bariátricas, cresce a procura pelos tratamentos relacionados à queda capilar. “Os tratamentos são variados, mas não são iguais para todos os pacientes, pois não existe uma ‘receita de bolo’. Somente após uma consulta detalhada, exames específicos do couro cabeludo e seus fios, podemos fazer a avaliação de exames.


Tratamento de forma correta


“Os cabelos mexem muito com a autoestima tanto das mulheres quanto dos homens. Assim, procuro atender os pacientes que apresentam os mais variados diagnósticos de forma exclusiva, sabendo que para cada um existe um protocolo específico, de acordo com suas necessidades.


Em casos mais desafiadores procuro estudar muito e discutir com colegas dermatologistas e especialistas em cabelos para entregar, aos meus pacientes, o diagnóstico correto e o tratamento mais assertivo”, comenta a médica.





Sobre o tratamento

Regislaine explica que antes da consulta o paciente recebe as orientações de sua equipe. São dicas básicas, mas que fazem toda a diferença para o dia da consulta, que vão desde lavar os cabelos até o uso de tinturas e produtos capilares.


“Chegando na clínica o paciente será fotografado para o acompanhamento da evolução do tratamento. Após começamos a consulta - e é nesse momento em que eu me conecto com o paciente e sua história, toda informação é fundamental, desde hábitos simples do dia a dia, como alimentação, uso de medicamentos, ritmo intestinal, até informações mais importantes como antecedentes familiares ou ainda se tiver histórico de câncer. Depois de todas as informações necessárias, começamos a fazer a análise dos fios e do couro cabeludo. Então, através do aparelho, o paciente acompanha comigo em tempo real toda a análise e explicações sobre as alterações.


Caso seja necessário, se precisarmos mais dados, é solicitado mais exames como por exemplo a biópsia do couro cabeludo. Assim que é feito o diagnóstico damos início ao tratamento. Ele pode ser realizado em casa com uso de medicamentos ou pode ser associado aos tratamentos no consultório. Hoje realizamos alguns como a LEDterapia, alta frequência, mesoterapia, MMP, laser e PRP. Esses tratamentos são sempre associados, nunca isolados. É importante evidenciar que fazemos o protocolo específico e exclusivo para cada paciente.

De forma geral os resultados aparecem em torno de cinco a seis meses depois do início do tratamento, podendo se estender. Tudo depende de cada caso. É importante frisar que o couro cabeludo é essencial para assegurar que os cabelos cresçam saudáveis e firmes, mantendo os cabelos bem hidratados. Cuidar, de maneira correta, é essencial para a saúde da pessoa. Um depende do outro. Tempo é cabelo, cuide do seu”, finaliza Regislaine.


Diariamente a Dra. Regislaine Miquelin traz dicas de como cuidar do cabelo e do couro cabeludo, mantendo-os saudáveis. Para acompanhar e saber mais, siga a médica no Instagram: @regislainedermato. Em breve a médica trará muitas novidades.


留言


bottom of page