Uma história de Sucesso

Com muito trabalho, visão e dedicação, a família Pereira se torna uma das maiores representantes da marca Lupo no Brasil.


A história de sucesso da família Pereira com a Lupo se encontra no ano de 1997, quando o casal de empreendedores Helvécio Pereira e Maria Betânia Vieira Pereira decidiu abrir a primeira loja do segmento na cidade de Rio Preto. “Tudo começou quando o Helvécio e eu estivemos a passeio no Shopping D, na cidade de São Paulo. Nesta mesma ocasião, vimos uma loja de meias e notamos que era da marca Lupo. Decidimos entrar e uma das coisas que mais nos chamou a atenção foi o fato daquele local ser uma loja diferente de tudo o que nós conhecíamos até então. A partir daquele momento, não paramos de pensar no quanto seria empolgante ter uma dessas lojas em nossa cidade. Nessa mesma época meu irmão vendia carros para os colaboradores da Lupo e pedimos para que ele intermediasse uma conversa com o diretor, pois o Helvécio já tinha se desligado do seu cargo de bancário. Com essa intermediação e algumas negociações, tivemos o aval para abrir a primeira loja autorizada, pois na época não existia franquias”, explica Betânia.


O Recomeço.


O casal relembra que antes da primeira loja houve um momento de incertezas, porque Helvécio decidiu se desligar do banco em que trabalhava, mas temia pelo futuro dos três filhos. “Quando o Helvécio me falou sobre a saída eu o apoiei, pois o importante, naquele momento, era que ele estivesse bem para que, ao meu lado, pudéssemos criar nossos filhos. E graças a Deus superamos essa fase juntos”.

Com muito trabalho e dedicação os negócios começaram a crescer e os filhos, Adriano, Amanda e Alex também para que, juntos, pudessem completar os negócios dos pais.


Para eles, talento, foco e dedicação foram os ingredientes certos para os negócios da família, que atualmente conta com sete lojas, quatro em São José do Rio Preto/SP: Lupo Riopreto Shopping, Lupo Cidade Norte, Scala Riopreto Shopping e Mega Store Lupo Centro, uma em Catanduva/SP: Lupo Garden Shopping Catanduva e duas em Campinas/SP: Lupo Parque D. Pedro Shopping e Lupo Sport Parque D. Pedro Shopping. Assim, na família, todos possuem suas tarefas e rotinas bem determinadas no dia a dia. Amanda cuida do setor de compras e gestão de estoque de todas as unidades junto com a mãe. “Com o tempo fomos organizando as funções de todos de acordo com as habilidades de cada um. Minha mãe e eu nos dividimos para atender todas as lojas. Ainda tivemos empresas como o Rei do Mate e L’occitane, mas com o tempo decidimos focar em lojas voltadas somente ao vestuário”, explica Amanda.


Responsável por toda a estrutura de marketing, estratégias, tráfego e redes sociais, Alex Vieira Pereira conta que o trabalho foi crescendo gradativamente e que, onde anteriormente era separado por lojas, com a alta demanda a organização interna dessas lojas foi ajustada para uma melhor continuidade e fluxo de todas as unidades. “Aos 19 anos fui para Campinas assumir a loja de lá e nesse tempo tivemos o Rei do Mate. Algum tempo depois abrimos a Lupo de Catanduva, em seguida a loja da Cidade Norte, depois a Lupo Sport e recentemente a Mega Store”, explica Alex.


A primeira unidade da Lupo, em São José do Rio Preto


A primeira Mega Store do Brasil.


Recentemente a família comemorou mais uma conquista, a inauguração da primeira Mega Store do Brasil, localizada na Rua Bernardino de Campos, 3580, no centro de São José do Rio Preto. “A loja foi desenvolvida para que o cliente se sinta à vontade e consiga fazer suas escolhas de forma independente, claro que temos nossos colaboradores de prontidão para esclarecer quaisquer dúvidas sobre os produtos, mas este é um novo conceito da marca Lupo. Fazer parte da concretização desse projeto, sem dúvida, é motivo de muita alegria para todos nós”.


Adriano Vieira Pereira, responsável pela área comercial das sete unidades conta que a Mega Store é uma conquista, fruto de muito trabalho, dedicação e empenho de toda a família. “Quando meus pais começaram éramos muito jovens, mas eles conseguiram nos passar o senso de responsabilidade com relação à vida, ao nosso trabalho, aos nossos clientes e colaboradores. Eles nos ensinaram a percorrer o caminho do trabalho honesto e, com certeza, hoje estamos colhendo esses frutos. Conseguimos realizar muitos projetos na qual sonhávamos, mas queremos realizar outros mais. Mas, sempre, com a certeza de que o nosso foco é o cliente - com a qualidade Lupo que ele merece”, esclarece Adriano.





A Lupo.


A história da Lupo começa na cidade de Araraquara, interior do estado de São Paulo, quando Henrique Lupo, filho de um relojoeiro italiano e que havia seguido o ofício do pai, procurava um novo empreendimento como uma alternativa mais rentável para sustentar seus dez filhos. Foi então que, no dia 21 de março de 1921, ele fundou a empresa, cujo nome fantasia era Meias Araraquara, instalando a improvisada linha de produção artesanal na própria casa da família. Rolando, filho de Henrique, foi o comandante da técnica para a fábrica, porque apenas seis anos depois da inauguração da empresa, em 1927, ele foi enviado para a Europa, em plena revolução industrial. Das visitas a aproximadamente 30 indústrias europeias, Rolando trouxe novidades tecnológicas e a família Lupo passou a comprar fios importados para confecção das meias, fazendo com que seus produtos ganhassem mais qualidade. Somente em 1937 a empresa adotou o nome de Meias Lupo. Uma década mais tarde, a Lupo já era a maior fabricante brasileira de meias masculinas, todas feitas com 100% algodão e com a mais alta qualidade. Este ano também foi marcado pelo recebimento das primeiras amostras do nylon, o fio sintético que viria revolucionar o mercado de meias no mundo todo. Na década de 60 foram adquiridas as primeiras máquinas para a fabricação de meias femininas. Com 474 agulhas essas máquinas produziam as mais finas e elegantes meias disponíveis no mercado.