Macrotêndencias da moda

Senac Rio Preto realiza no Riopreto Shopping palestra e exposição de um dos mais renomados estilistas do Brasil, João Pimenta


As vitrines do Riopreto Shopping já estão com cara de outono/inverno. Para celebrar esta nova temporada, o Senac Rio Preto traz hoje, quinta-feira (31/03), às 19h, na Praça 1 de Eventos, a palestra “Relações de macrotendências, comportamento e consumo no mercado de moda” com João Pimenta e Tatiana Putti.


Na ocasião, será mostrado que em cada período da História, a moda interpretou o momento e traduziu anseios e tendências em suas criações e consumo. Também serão abordadas como as macrotendências e o comportamento das pessoas impactam o consumo na moda e reflexões inspiradoras sobre estratégias que podem ajudar as marcas a se reposicionarem no mercado de moda. A inscrição pode ser feita pelo link https://www.eventos.sp.senac.br/evento/mercado-de-moda/. As vagas são limitadas. Esses eventos fazem parte das ações de divulgação dos títulos de pós-graduação do Senac São José do Rio Preto. Saiba mais no site https://www1.sp.senac.br/sites/posgraduacao/senac-sao-jose-do-rio-preto/.


Exposição


Com o tema Escapismo, os visitantes do Riopreto Shopping podem conferir de 31 de março a 18 de abril uma exposição repleta de emoções, da necessidade de alegoria, da alegria momentânea, de sonhar e sairmos do compasso de espera. “Fantasiar ou não, a liberdade se faz presente e o público poderá eleger por onde extravasar seus desejos e anseios. Acumular, respirar, transparecer e para não perder o senso da realidade: propõe amarrações”, explica João Pimenta.

O cuidadoso trabalho da alfaiataria é valorizado pela modelagem que passeia em elementos que constroem detalhes, declinando pregas e drapeados. Estruturas que elevam capuzes, mangas, corsets e ancas. Forros, acabamentos em vieses, manualidades criativas, tradicionais e acrescidas de látex. O detalhe que necessita da apreciação, do olhar do observador e do usuário que elege o empoderamento do vestir.


No acervo, corsets redesenham as silhuetas, promovem a combinação que interpreta os movimentos da rua, o passado e o presente são expostos em detalhes volumosos, sobrepostos, transparentes. São retratos de épocas, lugares, estilos que se cruzam e redesenham o propósito humano.

“Peças masculinas ou femininas? Roupas. Roupas para todos e todas que não reclamam gênero, são homens e mulheres que escolhem o que vestir. Desamarrar, desapertar as angústias e expor cores! Vivas, intensas e com matizes de felicidade são passadas em tecidos que compõem patchworks das mais variadas texturas: tafetás, rendas, tules, tweeds, jacquards, gobelins, veludos, poliamidas esportivas, aerados, malhas fluorescentes. A roupa como proteção que se faz necessária. Transporta lucidez e a essência, mascarada e livre para o verbo ser. Ser humano e brasileiro”, comenta o estilista.


Sobre João Pimenta

Estilista da marca que leva seu nome e atual consultor criativo dos bacharelados em Design de Moda do Centro Universitário Senac. Considerado um dos grandes nomes da moda brasileira. Iniciou a carreira em 2003 no evento Casa de Criadores e desfila criações na São Paulo Fashion Week.


Sobre Tatiana Putti

Gestora de serviços educacionais das áreas de moda e beleza do Senac São Paulo. Realiza pesquisas de tendências comportamentais e mercadológicas para desenvolver produtos que atendam às necessidades, atuais e futuras, do setor de moda. Especializada em comportamento e processos criativos, possui MBA em Varejo de Moda, formações na London College, Central Saint Martin e Esmod Paris.