Infecção urinária

quais os cuidados que devemos ter?


A infecção urinária é a que afeta os órgãos do trato urinário. Pode ser dividida em infecções da uretra (uretrite), da bexiga (cistite) ou do rim (pielonefrite). A maioria dessas infecções responde a tratamento simples com antibióticos, hidratação e analgésicos/anti-inflamatórios e podem ser tratadas em casa.

A infecção urinária mais comum é a infecção na bexiga (cistite). Normalmente, o organismo infecioso ascende do exterior pela uretra e infecta a bexiga. Em algumas situações, a infecção pode se propagar até o rim originando a infecção renal (pielonefrite). A infecção localizada nos rins geralmente necessita de tratamento mais prolongado e maior vigilância, dado o seu potencial para se disseminar para o resto do organismo (sépsis).

A maioria das infecções urinárias é provocada por bactérias. Em alguns casos, podemos encontrar também infecções por fungos.

As mulheres apresentam um maior risco de desenvolverem infecções urinárias pelo fato de possuírem uma uretra mais curta e próxima da vagina e do ânus.

A atividade sexual também constitui um mecanismo frequente para o desenvolvimento de infeções urinárias de repetição: a relação sexual potencializa a introdução de bactérias para o interior da vagina (introito vaginal) e a subida destas bactérias pela uretra até a bexiga.

Os sinais e sintomas são:

Dor ou queimação ao urinar;

Sensação de peso na bexiga;

Vontade frequente de urinar;

Urinar em pouca quantidade;

Urina muito escura e com cheiro forte;

Febre baixa constante.

Prevenção de infeções urinárias:

Utilizar sabões neutros para higiene local;

Limpar após urinar ou após a relação sexual evita o acúmulo de bactérias e deve ser realizada sempre da frente para trás;

Utilizar roupa interior de algodão;

Trocar regularmente os absorventes.


Dr. Ricardo Baruque

Médico Urologista

CRM: 85.113 | RQE: 17.040