Fim de ano, período de sentimentos mistos!


Nessa época do ano refletimos sobre tudo o que passou, tudo o que aconteceu e o que poderia ter sido.


A chegada do fim de ano pode funcionar como um gatilho para depressivos e ansiosos, pois o Natal e o Réveillon pintam uma tela onde ser feliz é uma obrigação.


Mas Natal é transformação! Uma data festiva de comemoração de afetos que desperta sentimentos mistos, pois o Natal, para muitos, é também isolamento e reflexão.


As festas de fim de ano sugerem encontros familiares e essas reuniões nos remetem a lembranças da infância e a fatos passados, alegres ou tristes, causados pelo vazio de alguém que se foi. As emoções ficam à flor da pele, pois configuram, quase sempre, um compromisso de alegria plena.


O fim do ano também representa o fechamento de um ciclo, onde se faz um balanço das perdas e conquistas. Para algumas pessoas, é a oportunidade também para praticar o perdão.


É certo que a solidariedade e o amor ao próximo são mais fortes nessa época do ano, porque se envolver em ações beneficentes potencializam o bem-estar.


É salutar a presença da família e dos amigos nessas comemorações! Ritualize-se! E aproveite essa época do ano para usufruir do poder construtivo das emoções!


Aline Cárceres de Oliveira Chiachio

Psicóloga – CRP 06/90422