top of page

Diagnóstico Precoce

Com atendimento de excelência e tecnologia de ponta, Mama Imagem preza pelo cuidado com o paciente e o diagnóstico precoce do câncer de Mama


Referência quando o assunto é tecnologia de ponta, profissionais altamente qualificados e atendimento acolhedor e humanizado - a Mama Imagem, fundada há 23 anos, está sempre atualizada para oferecer o que há de melhor no mercado em procedimentos e tecnologias.

À frente do centro de diagnóstico por imagem, juntamente com o Dr. Tufik Bauab Jr., a radiologista com foco em imagem de mama, Dra. Selma di Pace Bauab, conta sobre os recursos disponíveis. “Temos o mamógrafo digital 3D, último modelo lançado, acoplado com tomossíntese à mesa para fazer biópsia, especial e computadorizada. Também acoplada com tomossíntese as ultrassonografias, todas com transdutores de alta resolução e a ressonância magnética. Estamos incorporando também outro aparelho de ressonância, equipado com inteligência artificial para agilizar os exames e dar mais precisão nos diagnósticos”.


Nesses 23 anos, a Mama Imagem já atendeu milhares de pessoas, com muita dedicação e todo o cuidado que o paciente merece. “Prezamos pelo acolhimento feito pelos médicos e funcionários, em clima de harmonia e de empatia. Pois muitas pessoas que buscam pelo nosso trabalho estão passando por momentos muito difíceis na vida e ser bem atendido, receber assistência de excelência e com resultado rápido e preciso faz toda a diferença”.

A Dra. Selma fala ainda sobre a importância da busca por um diagnóstico precoce.


“Infelizmente vemos que muitas mulheres não dão a importância necessária para os cuidados com a mama. Além disso, existem também, algumas barreiras sociais. O Brasil até pode ter mamógrafos suficientes, mas estão subutilizados. Assim nem todo mundo tem acesso à mamografia e a exames de qualidade. Pior do que não fazer o exame é fazer uma mamografia de má qualidade que não traz um diagnóstico correto, deixando as mulheres com uma falsa sensação de segurança. Além disso, existem pessoas que difamam a mamografia e isso acaba atrasando o progresso. Por isso temos que nos engajar para que as pessoas se conscientizem em fazer o exame e lutar, também, para que as autoridades consigam o acesso da população mais carente na realização do exame. Junto a isso precisamos, ainda, combater as ‘fakes news’ sobre a mamografia, principalmente nas redes sociais, que propagam acusações infundadas sobre o exame, em vez de divulgar os reais benefícios que salvam vidas. Na Mama Imagem temos essa experiência palpável. Nós sentimos e vemos, diariamente, a diferença em fazer um diagnóstico precoce e um tardio. É uma mudança total na vida da mulher”.


A médica lembra ainda que muitas mulheres sentem medo de fazer os exames. “A cirurgia era mutiladora e, graças a Deus, isso não existe mais. Hoje conseguimos fazer a biópsia antes de realizar a cirurgia. No início as pacientes passavam pelo procedimento sem saber se iam acordar com ou sem a mama. Hoje não é assim, já está tudo muito bem planejado e a reconstrução da mama é feita imediatamente. Hoje já não é mais tão assustador como era, mas existem medos, sim.”


Por isso a importância do Outubro Rosa para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. “Em 2023 nós queremos transformar o Outubro Rosa num movimento histórico, colocando a tomossíntese no rol dos procedimentos da ANS. Por isso foi criada uma consulta pública nas redes sociais, inclusive na da Mama Imagem, fazendo um movimento em todo o Brasil para que as pessoas que são a favor de incorporar a tomossíntese, no rol da ANS, votem a favor da inclusão do procedimento”.


Commentaires


bottom of page