top of page

Cuidados Respiratórios na Terceira Idade

Estratégias e Recomendações


O médico pneumologista desempenha um papel importante na saúde respiratória, diagnosticando e tratando uma ampla gama de doenças pulmonares, como asma, bronquite, enfisema, pneumonia e tuberculose. Sua expertise é fundamental para melhorar a qualidade de vida dos pacientes e prevenir complicações graves relacionadas ao sistema respiratório.


A Dra. Andreia Monteiro da Costa, pneumologista respeitada na comunidade médica, destaca-se não apenas por sua competência profissional, mas também por seu profundo compromisso com a medicina respiratória. Sua paixão pela profissão transparece em cada diagnóstico, tratamento e acompanhamento, demonstrando um cuidado excepcional para com seus pacientes e um comprometimento inabalável com a excelência médica.

Ao abordar a terceira idade, o médico pneumologista traz em seu atendimento a avaliação e tratamento de condições respiratórias prevalentes nessa faixa etária. Neste artigo, a Dra. Andreia busca conscientizar sobre a importância dos cuidados com os idosos, especialmente à medida que nos aproximamos das estações mais frias e da redução da umidade.


Temperaturas baixas e idosos

Com a chegada do inverno, aumentam as ocorrências de doenças devido ao clima frio, à proximidade em ambientes fechados e à redução da exposição solar. O resfriado, a asma e infecções respiratórias se tornam mais comuns. Por isso, é necessário otimizar a função pulmonar para garantir uma melhor qualidade de vida e reduzir o risco de complicações respiratórias, especialmente para os idosos, cuja saúde respiratória pode ser mais vulnerável. Além disso, é essencial fornecer orientações sobre hábitos saudáveis e terapias de suporte para manter a saúde e a capacidade funcional dos idosos.  Podemos citar alguns como:


Vacinação: A vacinação contra a gripe ajuda a prevenir a infecção e reduzir a gravidade dos sintomas em caso de infecção. Ademais, é importante se atentar às vacinas contra pneumonia, coqueluche e covid.

Higiene das mãos: Instruir os idosos a lavar as mãos regularmente com água e sabão ou usar desinfetante para as mãos, especialmente após tossir, espirrar ou estar em locais públicos.

Evitar contato próximo com pessoas doentes: É necessário evitar o contato próximo com pessoas que estão doentes com gripe ou apresentam sintomas semelhantes.

Manter um estilo de vida saudável: Isso inclui uma dieta equilibrada, exercícios regulares e sono adequado, pois isso fortalece o sistema imunológico e ajuda na resistência às infecções.

Procurar tratamento médico precoce: Deve-se procurar tratamento médico imediatamente ao perceber sintomas de gripe, como febre, tosse, dor de garganta, dores musculares e fadiga - para evitar complicações.


Importante salientar que esses são apenas alguns dos cuidados que podem ajudar os idosos a lidar com a gripe de forma mais eficaz e prevenir complicações.

A saúde pulmonar é essencial para o bem-estar geral, já que os pulmões desempenham um papel crucial na respiração, fornecendo oxigênio para o corpo e eliminando dióxido de carbono. Ao adotar um estilo de vida saudável e procurar cuidados médicos adequados, podemos preservar a saúde pulmonar e diminuir o risco de doenças respiratórias graves.


Dra. Andreia Monteiro da Costa - Médica Pneumologista - CRM 124.066


Comentarios


bottom of page