Cuidados com a saúde dos olhos em tempos secos


O período mais seco do ano chegou. Época em que é comum as queimadas em algumas áreas da cidade e o tempo seco e a fumaça podem provocar diversas reações no corpo, como irritação nos olhos.


Importante destacar que os poluentes emitidos nas queimadas, como a fuligem e o próprio tempo seco, podem provocar algumas doenças oculares. É muito comum aumentar o número de pessoas com a síndrome do olho seco ou ocorrer uma potencialização em portadores dessa síndrome, conjuntivite tóxica causada por componentes da fumaça, além de ceratites e alguns casos de alergia. Some-se a isso o uso de ares condicionados, aumentando a secura dos olhos e prejudicando a visão.


Os principais sintomas dos olhos com o tempo seco são vermelhidão, lacrimejamento excessivo, irritação, sensação de areia nos olhos, inchaço das pálpebras, ardência, queimação e, às vezes, até a baixa acuidade visual.


Para reduzir as consequências do clima seco, é importante ter uma rotina de hidratação, principalmente em crianças e idosos. E caso esses problemas sejam muito recorrentes, deve-se procurar um especialista para que seja feita a prescrição correta de um colírio lubrificante ou gel ocular para amenizar os sintomas.


Outra forma de ajudar e auxiliar na saúde dos olhos é usar umidificador de ar nos ambientes da casa e do trabalho e procurar não direcionar ventiladores e ar condicionado no rosto.


Dr. Leonardo Beraldo

Médico Oftalmologista

CRM: 104.884 | RQE: 46.806