Aposentadoria médica – você se preparou para isso?


Uma das carreiras mais valorizadas, a Medicina ocupa não apenas lugar de destaque no roll de profissões, como, também exige de seus profissionais empenho e estudos contínuos ao longo de toda a jornada. Afirmar que o médico nunca para é real e necessário.

Neste cenário, com dedicação total ao atendimento, aspectos como investimentos financeiro adequado e, principalmente, a aposentadoria, nem sempre são temas em pauta.

Antecipar-se ao futuro, montar uma rede de investimentos e valores que lhe permitam uma aposentadoria segura e tranquila e, mais além, pensar na sucessão patrimonial são temas importantes para a área com alternativas múltiplas e possíveis que vão facilitar este processo e dar segurança e tranquilidade para que a classe faça o que sabe e pode fazer de melhor – a arte da medicina.

Um dos riscos neste processo está na possibilidade da auto gestão empresarial. Não apenas o médico, mas muitos profissionais de diversas áreas buscam gerir seu patrimônio, dividindo o tempo com sua atividade principal e entrando em um cenário que ainda não dominam. O resultado – diminuição na rentabilidade profissional e risco iminente de perda de patrimônio com operações não assistidas e pouco recomendadas.


Além disso, as futuras mudanças no cenário da classe médica geram uma pergunta a mais – todos estão preparados para gerir seu próprio patrimônio? O crescimento de grandes grupos da saúde já presentes em todas as cidades, a presença cada vez maior da internet e a medicina vista como commodity são alertas importantes de que é preciso cautela e investimentos seguros.

Operações como CDB, previdências privadas e mesmo a antecipação da sucessão patrimonial são temas que devem ser levados à mesa de cirurgia e discutidos com cautela a fim de evitar que, seja para aposentadoria ou espólio, o processo seja o mais tranquilo, seguro e rentável possível.

A Medicina sempre foi e será uma das principais atividades humanas e, em tempos como estes, mais do que nunca são necessárias e fundamentais. Aos médicos, aos pacientes, às suas finanças, o tratamento adequado para um futuro de merecido descanso e valorização de tudo o que construiu.



Filipe Marchesoni - CEO do Grupo Agia Investimentos