A pandemia fortaleceu muitos negócios em saúde


Alguns setores da economia têm resistido às duras oscilações provocadas pela pandemia da Covid -19.

A pandemia atingiu muitos setores produtivos, desencadeando índices elevados de falência e desemprego. As diferenças sociais ficaram mais flagrantes, mesmo nas camadas mais abastadas.

No entanto, algumas tendências relacionadas ao setor de negócios em saúde afloraram em meio às incertezas e indefinições de algo até então nunca vivenciado.

O segundo semestre de 2021 será o retrato destas tendências de crescimento, visibilidade e ampliação de muitos setores direta ou indiretamente relacionados aos negócios em saúde. Vejam abaixo :


- os hospitais investiram em melhor infraestrutura, medicamentos e controle de infecções ;

- a procura por planos de saúde para conseguir um atendimento mais rápido e a resolução mais precoce de dúvidas diagnósticas cresceu ;

- o setor farmacêutico convencional e o setor de manipulação passaram a ser cada vez mais requisitados;

- o setor de alimentação saudável (orgânico e integral) despontou como uma alternativa para fortalecer a imunidade;

- os setores de automação , inovação , comunicação e gestão tornaram-se hiperativos para buscar mais soluções inteligentes frente aos desafios impostos pela pandemia ;

- os setores de engenharia e arquitetura priorizaram as construções e estilos arquitetônicos que privilegiassem os fatores naturais benéficos, como a circulação do ar natural, sol e novas geometrias paisagísticas.


Enfim , sem percebermos, estamos vivenciando uma revolução dos negócios em saúde, com o surgimento e aprimoramento de inúmeros setores promissores. A expectativa real é que haja a integração constante entre todos estes segmentos, para fortalecimento do ecossistema de saúde e a geração de muitas parcerias e oportunidades em prol de todas as pessoas.



Dr. Edmo Atique Gabriel

Médico Cardiologista

CRM: 105.226